5 dicas valiosas para gestão de crise

Se há algum tempo atrás a eclosão de uma crise no universo corporativo demandava um enorme esforço para o seu controle e obrigava as empresas a dedicarem muito tempo apenas para descobrir de onde partiu e para onde ia o conflito, a nova realidade da comunicação virtual, tecnológica e globalizada permite, com o acompanhamento e postura bem definidos, a identificação e controle da crise com muito mais precisão e assertividade.

Uma crise pode ocorrer em qualquer setor da empresa, a partir de diversas origens e causas: de natureza econômica,  legal, desastres industriais, falhas operacionais, informação e comunicação, situações de risco à vida, catástrofes naturais, relações trabalhistas, atendimento ao consumidor, só para citar algumas.

Veja abaixo 5 dicas valiosas que sua empresa pode adotar como medidas preventivas e proativas para defender o maior patrimônio que possui, sua imagem institucional.

1. Acompanhamento da mídia e das redes sociais
O monitoramento dos meios de comunicação e das redes sociais é uma ação que tem que ser acionada de forma permanente pela empresa, não somente nos períodos em que a crise já foi deflagrada.  A análise destas informações pode prever e até evitar a eclosão de problemas, se for trabalhada com antecedência. Durante a crise, é uma ferramenta de apoio para analisar cenários e traçar estratégias e planos de ação.

2. Manter sempre ativas as mídias sociais da empresa
É fundamental que a instituição mantenha sempre ativas suas plataformas de mídias sociais. Elas são um poderoso instrumento de disseminação de informação, imprescindíveis para divulgar o posicionamento da empresa e esclarecer mal-entendidos.

3. Porta-voz
Centralizar a comunicação em um só ou poucos porta-vozes, evitando confusão de interpretações e versões conflitantes que podem agravar o quadro.

É importante que os profissionais escolhidos como porta-vozes sejam treinados com antecedência, para que estejam preparados para comunicar-se de forma adequada com os diversos públicos e através dos diferentes canais de exposição.

4. Valorizar o papel da imprensa
Evitar atitudes de hostilidade em relação a jornalistas e veículos, que devem ser encarados como peças importantes na divulgação do posicionamento da corporação. As solicitações de pauta não podem ser ignoradas. Omissão ou atraso no atendimento destas demandas geralmente resultam em informações desencontradas, nas quais a posição da instituição é ignorada.

5. Transparência
Transparência é fundamental em todas as fases do processo de gerenciamento de crises. A empresa não pode transmitir a imagem de que está omitindo ou informando de maneira equivocada os seus públicos. Hoje, já não há mais espaço nem formas de ocultar informações ou encobrir ações contraditórias.

*A Cliptime Informação e Comunicação oferece serviços personalizados para cada cliente, que auxiliam na comunicação institucional, estratégica e também na gestão de crise. Entre em contato e conheça nossos serviços e planos sob medida para sua empresa.

< Voltar >